o dilema da alimentação saudável

18.1.09

18.1.09

biológico, originally uploaded by silvia - raparigascomonos.

confesso que nunca foi uma grande preocupação para mim estas questões da alimentação saudável. nunca me vi numa situação de querer perder muito peso (uns kilitos queremos sempre emagrecer, é da praxe), nem me habituei a comer "fast-food" em criança, por isso as coisas sempre andaram mais ou menos controladas.
agora dou por mim a questionar-me sobre várias coisas quando faço a comida para a minha filha. usar legumes congelados será mais saudável do que os frescos? e aqueles que já vêm embalados e lavados (que eu adoooro), terão algum tipo de tratamento? mas, e então os que estão na prateleira? se calhar para durarem mais e parecerem melhores também levam umas "sprayadelas" de qualquer coisa...já por causa disto é que faço compras num supermercado pequeno da zona onde moro, nos hipermercados fico ofuscada pelos brilhos, cores e luzes e no fim de tudo venho com o carro cheio de não sei o quê e pago uma batelada de dinheiro! sou uma provinciana, não fui feita para grandes superfícies.
no outro dia comprei a revista sábado e estive a ler um artigo sobre estudos que se andam a fazer nos produtos biológicos, no sentido de apurar se são realmente ou não mais benéficos para a saúde. sim, porque ao contrário do que pensamos, biológico não significa 100% livre de produtos químicos, nem animais a pastar o tempo todo no campo, nem outras coisas que temos na cabeça. controlam, isso sim, todas estas coisas e de facto diminuem-nas consideravelmente, mas não as eliminam. ora, este artigo veio um pouco confirmar aquilo que eu já pensava: os produtos biológicos são nutricionalmente muito superiores a qualquer outro produto equivalente.
e eu até acho que seria uma boa opção, mas o grande problema de escolher biológico é que é tudo uma questão de poder de compra!
algo que ainda não compreendi é: porque é que este método implica vender os produtos tão mais caros, se supostamente estamos a tentar eliminar uma série de coisas das fases produtivas dos alimentos?
é interessante analisarmos estas questões, porque tantas vezes pensamos que, por exemplo, uma dieta vegetariana poderá ter um conteúdo mais saudável, uma vez que se elimina a carne, e com ela tantos perigos e problemas para a saúde. mas será que os vegetarianos já analisaram os legumes e fruta e peixe que comem???? teriam uma grande surpresa...
eu acho que o segredo está em comer um pouco de tudo, eliminando tudo o que é supérfulo (gorduras, bolos, refrigerantes, fritos, etc).
ou seja, o que temos de fazer é voltar às origens...porque em casa dos nossos avós não se ia ao supermercado, e não se bebia coca-cola e os bolos, quando apareciam ao domingo existiam até acabar, não tinham de imediato um substituto na despensa pronto a desempacotar.
quanto ao biológico, vou fazer uma tentativa e ver o peso que traz no final do mês!
por aqui, pelos lados da aguda temos duas opções bem pertinho: esta e esta.

8 comentários

  1. Eu acho que os bilógicos são mais caros porque são moda. Mas também é verdade que a produtividade pode ser inferior e se calhar o efeito de escala ao produzir relativamente pouco não ajuda.
    Agora o que eu posso dizer, é que nada tem o mesmo sabor de produtos criados com o mínimo de químicos. Eu tenho a sorte de trazer muitas coisas de casa dos meus pais e não há tomates de supermercado que se aproximem dos verdadeiros!

    ResponderEliminar
  2. luisa Conceicao10:39 da manhã

    ola
    Silvia, bom eu como diz Mau feitio tb acho que o biológico é mais caro porque está na moda.
    Mas vou dizer-te uma coisa, eu já pratiquei agricultura biológica, os unicos fertelizantes que utilizavamos, era o estrume dos animais, a cinza da lareira, e o humus de folhas acumuladas.
    É claro que os produtos crescem a um ritmo muito mais lento, e não temos tomates ou alface no inverno, respeitava-se o ritmo da natureza, era tudo muito mais saboroso, as enouras de supermercado nao sabem a cenoura, o tomate sabe a água, a alface amarga, as frutas nem se fala, parece que tudo sabe ao mesmo, não há diferenca de sabores, tenho sorte de ainda comer uma boa parte de alimentos biologicos, e sempre que posso opto por estes, fico horrorizada com tudo o que se faz a volta da produção agricola..
    Se puderes vê o documentário frances "as nossas crianças acusar-nos-ão"..é mais ou menos este o titulo..
    Força para os produtos biológicos
    Bjs
    Luisa

    ResponderEliminar
  3. Olá está lançado um desafio em http://notas-soltas-mjl.blogspot.com/

    espero que existam muitos sonhos por aí Sílvia. bjks

    ResponderEliminar
  4. Ou melhor em
    http://notas-soltas-mjl.blogspot.com/2009/01/sonhar-preciso.html

    dsclp bjs

    ResponderEliminar
  5. Em relação à agricultura biológica sou completamente a favor.
    Sim usam-se químicos mas com as quantidades mínimas para proteger as grandes agriculturas das pragas que dizimariam a colheita.
    Além disso são químicos menos agressivos sem intenção de adulterar a colheita (para que ela cresça mais, mais brilhante e mais bonita) mas para que ela cresça.
    O sabor dos alimentos evidencia-se além de que os químicos se não desapareceram por completo estão presentes em quantidades mínimas sendo o nosso organismo capaz de elimina-las facilmente.
    O preço é uma questão que ainda não entendo a não ser pelo facto de uma colheita destas demorar mais a crescer e acarretar mais riscos de se vir a perder o investimento.
    Tendo para os biológicos embora a carteira se queixe e meia volta vou misturando as colheitas.

    ResponderEliminar
  6. A agricultura biológica sai mesmo mais cara ao nível da produção e também da distribuição por o mercado em Portugal ainda ser pequeno.
    Implica também mais mão de obra, por exemplo no controle de ervas infestantes que são muitas vezes removidas manualmente evitando os herbicidas ou das pragas com a aplicação de produtos ecológicos apenas nas plantas afectadas ou a utilização de uns animais (por ex. joaninhas) para controlar outros.
    Mas o sabor não tem comparação e inconscientemente obriga-nos a fazer escolhas ambientais mais correctas como consumir legumes e fruta da época em vez de morangos espanhois em Janeiro.

    ResponderEliminar
  7. Aqui, nas grandes superfícies encontras mais oferta. E há muitos supermercados com carne biológica, ovos ( e os holandeses querem mesmo saber onde é que as galinhas viviam e como - oferecendo produtos diferentes consoante estas categorias). Mas são mais caros.

    ResponderEliminar
  8. eu acho que é uma boa aposta!
    estou a tentar fazer o mesmo!
    mas, a nível orçamental há uma diferença significativa! pelo menos, eu sinto!

    ResponderEliminar