i could live here

6.9.14

6.9.14
Gosto da madeira, da proximidade e inclusão com a natureza, da simplicidade e da normalidade desta casa.
Sem excessos de design e ultra minimalismos, há sinais dos seus donos por toda a parte, cozinhas vividas, louça no balcão, livros no sofá, espaços de trabalho com algum confusão própria da actividade.
Aqui respira-se.

(todas as imagens via freundevonfreunden.com com uma entrevista às proprietária da casa, a Pia Dehne)

7 comentários

  1. Sem dúvida. Era um lugar onde seria feliz :)

    ResponderEliminar
  2. parece-me muito bem.
    adoro o espaço cá fora e a proximidade da água!

    ResponderEliminar
  3. Linda casa, por dentro e por fora! Bj

    ResponderEliminar
  4. Aiiiiiii, se soubesses como tenho pensado em viver num sítio assim. Não sei porquê mas cada vez mais tenho certezas que no futuro será uma boa escolha.

    ResponderEliminar
  5. Nada muito matchy-matchy, uma casa que parece mesmo "vivida", sem ter de se preocupar muito com "arrumações" - gosto do realismo. E, realmente, a integração dos espaços interno e externo é perfeita.

    ResponderEliminar
  6. Tenho esta entrevista nos meus favoritos. De vez em quando vou lá certificar-me de que é possível! ;)

    ResponderEliminar
  7. me fez lembrar de um poster "desculpe a bagunça, aqui se vive!"
    viveria ai fácil

    ResponderEliminar