monstruosidades

14.10.07

14.10.07

008, originally uploaded by rapariga como eu.

...monstruosamente aborrecido é o mundo da puericultura e pré-mamã! e pronto, tenho dito...
com 4 meses de gravidez ainda não comprei nenhuma roupa de grávida e para o bébé, para além daquilo que a minha irmã me emprestou, e alguns modelitos "vintage" de quando eu nasci, ainda não acrescentei praticamente nada ao enxoval!
não gosto das lojas para grávidas e bébés, não gosto! serei um monstro?
e o primeiro babygrow que comprei é este...cheio de monstros simpáticos...
não posso com roupas à floribelas, noddys, bébés mini engravatados, beges, rosas bébé e azul bébé.
é o marasmo total!
já as grávidas...com certeza que quando planeiam ter filhos, devem estar à espera de envelhecer 10 anos! e de parecer uns sacos de batatas. a minha barriga é pequena, mas tenho muito orgulho nela, por isso não me importo de vestir roupa justa, mas tudo está mais perto de um estendal com pernas do que de roupa feminina!
na internet jé encontrei algumas coisas nórdicas muito interessantes, percebe-se que por lá já houve alguma evolução, mas quanto à carteira a "evolução" é grande demais para mim!
vamos ver como me desenrasco desta...

3 comentários

  1. e que tal se criasses umas coisas para a comunidade?.. todos agradecemos! ;)
    bj

    ResponderEliminar
  2. bem , eu passei exactamente pelo mesmo... Resultado: não comprei roupa de grávida. É verdade, nem uma peça. Usei muitas calças de cintura muito descaida uns tamanhos acima, e tinha muitas camisolas de trespasse. Mas recusei-me terminantemente a usar roupa de grávida que parecia feita para pessoas "conformadas" e deformadas... Blaaah

    ResponderEliminar
  3. Essa foi a reacção que tive qdo engravidei... a roupa de grávida é um atentado à mulher e as roupas de bebés um atentado à nossa inteligência!
    Como sou pequenina e a minha barriga tb era, acabei por usar a minha roupa. Andei de barriguinha de fora e adorava além disso uma gravida tem sempre muito calor. Depois comprei outras peças conforme as outras deixavam de servir.
    Uns numeros maiores e uns modelos pouco cintados e já tinha roupa nova e confortável. E nada cara, como a que vemos que depois nunca mais vamos vestir!
    Quanto à roupa de bebé.. pufff!!! o que eu andei para comprar coisas minimamente aceitáveis tanto a nivel de preço como de gosto... ou é tudo rosa ou é tudo azul!
    Cheguei mesmo a obrigar-me a comprar roupinha para ela, visto que estava a chegar a hora e não tinha nada. E acredita que doeu ter que gastar dinheiro com coisas que nos fazem torcer o nariz... :(
    O bom barato e bonito encontrei-o na H&M e continuo a comprar lá pode não ser a roupinha de sonho mas sempre podes-te dar ao capricho de comprares uma peça das ditas caras e lindas que nos fazem perder a cabeça e o resto por aí.

    ResponderEliminar