1 ano de simone ♥

23.3.12

23.3.12
1 ano de Simone

Parece que foi ontem que o meu sono foi interrompido por um pequeno estalinho na barriga, que desencadeou algumas sensações profundas (e dolorosas!), e que deu origem a um dos melhores momentos da minha vida: o parto da Simone!
Tantas coisas aconteceram desde então e os dias, semanas e meses têm passado a uma velocidade vertiginosa até perceber que o primeiro ano já lá vai.
Uma segunda filha em tudo tão diferente da primeira, uma experiência de parto e de maternidade também tão diferentes. Com tudo aquilo que dizem da segunda filha a confirmar-se:) Somos mais relaxados, não damos tanta importância às pequenas coisas, mas vivemos o dia-a-dia de forma menos ansiosa e mais plena, penso eu. E acho que nos divertimos mais, pois somos menos ´sérios'.
Ela é pequena e travessa, corre a casa toda e foge de nós com grande velocidade a caminho da próxima asneira que tem planeada. Ao mesmo tempo é muito engraçada com um sorriso malandro que só ela sabe fazer. Adora a irmã e com apenas 12 meses já consegue estragar-lhe grande parte das suas brincadeiras, deixando-me antever algum drama futuro.
Já caiu nas escadas, ficou debaixo de uma secretária, a sua chupeta nunca conheceu a palavra esterilização, anda sempre com as mãos e os joelhos sujos e nunca ficou doente (uma ou outra febre inexplicadas, nada mais). Não gosta que estranhos lhe toquem e a agarrem com beijos e apertões, e foi, nos primeiros meses aquilo que me diziam ser um bebé 'estranhão'...agora que tem a sua independência de locomoção está mais sociável, principalmente com quem lhe demonstra alguma aptidão para a brincadeira (os beijos e os apertões ela continua a dispensar).
Adora ir buscar a irmã à escola e ver toda aquela agitação que anima o recreio, na qual já é recebida pelo nome e acarinhada pelos amigos da irmã.
E eu adoro ser a mãe destas duas miúdas giras que me desgastam a paciência e colocam alguns cabelos brancos na cabeça, mas que me derretem com o seu toque e os seus sorrisos. Os desafios de uma família são inúmeros, e a vida altera-se drasticamente, mas há algo que eu não sei explicar e que nos invade o coração e a alma...magia, é magia!
E viva a Simone!!!

(o lindo desenho do sorriso maroto da Simone é da autoria de Hugo Maia)

11 comentários

  1. os merecidos parabéns à simone!!!!
    gostei imenso de ler este texto, estou grávida do meu segundo filho e já experiencio a calma e descontração da qual falas, espero continuar a vivê-la após o nascimento.
    creio que não há de facto nada tão fixe como a possibilidade de darmos um irmão ao nosso primeiro filho.
    parabéns!!

    ResponderEliminar
  2. O teu texto avivou-me a saudade de ter as minhas filhas nessa idade, a mais nova também era assim... nem beijos, nem apertões, reservada, por vezes lançava um olhar desconfiado a quem não conhecia!
    E crescem, crescem a uma velocidade estonteante, imagina que ainda ontem estava aesterilizar chupetas e hoje já fui buscar a mais velha a um jantar da antiga turma da escola primária... :)
    Enjoy it until they ket you!
    E Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. oi! adoro ler o seu blog, quando conheci já coloquei nos meus favoritos... estou vivendo uma paixonite com Portugal, não sei, o fado, o sotaque, o vinho... sou brasileira e amei ler o que você escreveu sobre a sua segunda filha! emicionante! beijinhos :)

    ResponderEliminar
  4. Parabéns à Simone e à mãe!!
    Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  5. Parabéns à Simone e a ti, mamã Sílvia, também.
    Como tudo na vida, ser mãe é assim, tem coisas que nos põe a cabeça e a paciência em água, mas no final das contas é sempre mágico...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Parabéns à Simone e à mamã também!!!

    ResponderEliminar
  7. Oh que giro eu fiz (mais uns quantos!) a 24! Parabéns atrasados um ano em grande! Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Parabéns à Simone que inspirou a Mamã para este lindo e enternecedor post.
    Obrigada pela partilha.
    Beijos aqui do nosso norte *.*

    ResponderEliminar