o sal e as mulheres

18.7.12

18.7.12







































Acho que quase todas as mulheres apreciam a beleza dos seus pares, ou não?
Eu aprecio. Para mim, olhar para uma mulher e achar mais ou menos bonita, não tem nada a ver com a perfeição do corpo ou dos traços, da pele ou do cabelo. Tem a ver com o sal.
Isso mesmo, sal.
E que se desenganem as miúdas giras que acham que do alto dos seus belos corpos e cabelos impecavelmente tratados têm o rótulo da beleza na testa, porque não é assim tão fácil. O sal não se compra nem se arranja. Não está nas roupas nem nos dotes naturais. Está algures no olhar, na forma como se movem, se vestem, como riem e choram estas mulheres absolutamente magnéticas. Um magnetismo que não tem sexo, apenas não consegues desviar o olhar.
O sal é muito difícil de encontrar.
Quantas e quantas raparigas giras que eu conheço e com tanta falta de sal? Muitas...
E outras há, que não sabemos bem porquê, têm aquele 'je ne sais quoi' que prende o olhar e sustém a respiração.
Ora esta rapariga é uma delas!

E esta foto e modelo pertencem à já aqui aclamada e tão talentosa Yokoo, numa produção para a sua (cheia de sal) loja Mother!

8 comentários

  1. Eu acho que sou dessas sem salzinho nenhum. E o pior é que quanto a isso não há nada a fazer :-)

    ResponderEliminar
  2. verdade verdadinha! Adorei este teu texto! E a foto é fantástica. Um post magnífico :)

    ResponderEliminar
  3. Subscrevo. O magnetismo é aquela coisa que não se sabe explicar, há quem o tenha e nem saiba disso porque é natural, já lá está desde cedo.

    ResponderEliminar
  4. Tenho acompanhado algumas fotos da Yooko pelo Instagram e fiquei colada a esta foto... Um misto de sentimentos surgiram-me á flor da pele quase em "modo arrepiada"! E o teu texto veio completar tudo =)

    ResponderEliminar
  5. Que texto fantástico! Posso roubar com direitos de autor???

    ResponderEliminar
  6. Sem dúvida alguma.
    Acho que talvez seja a palavra certa, para definir beleza nas mulheres, sal.

    ResponderEliminar
  7. Olá, estou encantada com este teu blog... não consigo "desgrudar". Adorei esta reflexão sobre a beleza, concordo plenamente que sem sal, ninguém vai lá!

    ResponderEliminar