um pau ou uma batuta?

1.10.12

1.10.12
(Desenho original de Marc Jonhs)

Ando há meses com uma questão na cabeça. Já massacrei todos os familiares e amigos com as minhas dúvidas existenciais e por isso agora chegou a vossa vez, que um blog também serve para isto!

Sempre trabalhei diariamente com computadores, mas enquanto a trabalhar numa empresa usava o que estava destinado a mim, sem grandes exigências ou caprichos e depois em casa tinha um portátil para andar a passear na net e tratar as minhas fotos. E pronto, ficava tudo bem assim mesmo.

Agora trabalho todos os dias no meu computador sendo que o trabalho começa a ser cada vez mais exigente e já não tenho ninguém para me resolver os problemas de 'tecnologia'. Cheguei ao meu limite a trabalhar num portátil, tenho dores nas costas e nos olhos e já não posso gravar mais fotografias ou editar porque chegou ao fim da linha do espaço. Para além disso, existem também novas necessidades em termos de software e de rapidez do computador que começam a ser cada dia mais importantes.
Preciso então de um computador fixo. É isso.
Há anos que sonho com um Mac. Porque é bonito e tal e parece mil vezes mais evoluído do que um PC.
A sensação que temos é que com um 'bicho' daqueles nunca mais vamos comprar outro computador.
Mas isto são tudo caprichos de uma rapariga que prefere um gadget a um anel de brilhantes, são mesmo.
Isto porque posso ter o belo do PC preto, com todo o software que preciso a muito menos de metade do preço. Mas o dinheiro conta? Claro, com o meu rendimento actual o dinheiro conta e muito.

Depois há dias em que leio posts como este e acho que sou mesmo totó e outros em que penso que vou gastar dinheiro numa solução a curto prazo e que para o ano continuo aqui a desejar dar a trinca na maçã.
Tenho a certeza que mais do que a tecnologia que se tem é o que se faz com ela que conta, mas também sei o quão importantes são as ferramentas de trabalho na motivação do dia-a-dia.

A razão deste post é ouvir o vosso testemunho, de pessoas que têm Mac e adoram, das que não têm e gostavam de ter, das que acham que é a maior banhada de marketing do século, das que caíram na tentação mas acharam a maçã meia podre, das que pensam que com o resto do dinheiro podem ir beber umas cervejas e comer tremoços que é o que interessa na vida.

E está aberta a caixa de comentários, força!!!!

21 comentários

  1. Olá,

    Comprar um computador - Mac ou PC - para trabalhar é um investimento e quanto mais tempo durar melhor. Nós temos um PC com 8 ou 9 anos que funciona na perfeição, nunca esteve ligado à net porque serve só para trabalho. Eu não trabalho nem com imagem nem com som. E Mac é fechado, não tem USB, para mim não dá.

    Tendo a usar os objectos até ao fim da vida deles pelo que tenho um carro e uma bicicleta cada vez mais velhos, um telemóvel decrépito. Só troco quando deixam de funcionar e não há arranjo possível.

    Boa decisão. :)

    ResponderEliminar
  2. Não sou da área, mas conheço quem seja. O Mac é a escolha certa segundo todas. A qualidade da imagem e por aí fora ( não sei tecnicamente o palavrões a referir) valem o investimento quase todo. Além de que é muito mais bonito e ocupa muito menos espaço ( o ecrã é enorme mas o disco rígido não é). E quando se trabalha com o material que se gosta e quer a sensação é outra :) boa sorte!

    ResponderEliminar
  3. alguém que achou a maçã podre?? honestamente duvido mto!
    once you go Mac you never go back...é o que dizem e cá por casa a experiência é essa mesma. Há mais de 8 anos que nos convertemos. Trabalho diariamente com pc no meu locar de trabalho e consigo por isso ter a noção exacta de que não trocava o meu Mac por nada.

    ResponderEliminar
  4. Fui-me rendendo à Apple ao longo dos anos... Primeiro foi o iPod Touch, mas mais por brincadeira.

    Depois o PC começou a ficar lentíssimo, fiz as contas e comprei um iMac. E, garanto-te, a minha qualidade de vida mudou bastante! Em 3 anos, NUNCA bloqueou, vírus não entra, as sincronizações e atualizações são facílimas. Claro que ajuda o resto dos aparelhos também serem Apple, como iPad que é o mais recente da família...

    Lembro-me de uma vez ter lido numa revista informática que Apple é sinónimo de tranquilidade de espírito. Verdadíssima, o investimento foi bem compensado.

    PS: Mais uma coisa, não gosto de portáteis, os fixos são mais saudáveis para as costas e para os olhos.

    ResponderEliminar
  5. Eu sou fã da Apple, por isso, percebo bem o teu dilema. Acho que no final do dia é uma questão de avaliares o esforço adicional que terás de fazer para ter um Apple em vez de um qualquer outro pc.
    - É um pequeno luxo que podes usufruir ou é um enorme sacrifício?
    - Com o valor da diferença podias comprar aqueles sapatos ou fazer aquela viagem, vale a pena a troca?
    Espero ter ajudado.
    Pi.

    ResponderEliminar
  6. Olá!
    Eu tal como te acontecia no passado tenho 1 computador na empresa em que trabalho e um em casa para os assuntos pessoais.
    Há cerca de 6 anos "mordi a maçã" e comprei um PowerBook G4, na altura era um portátil maquinão (o top da Apple). Os anos foram passando e tal como toda a tecnologia, o portátil foi ficando desactualizado.
    O ano passado surgiu a necessidade de o substituir, pq aquecia como uma torradeira, apesar das reparações, porque o SO já estava tão desactualizado que os programas já não davam para instalar, a memória era insuficiente (apesar de já ter posto mais que a original), o ecrã já tinha 2 linhas de pixels mortos, etc, etc....
    Conclusão: no meu caso, senti que o material físico (teclado, caixa do portátil) tinha efectivamente mais qualidade, o resto, eventualmente tb teria, mas... pelo preço de um Apple, podia comprar dois PCs equivalentes. Não esquecer que a nível de hw os Apples agora é mais moda que outra coisa, pq os processadores já são como os dos PCs... Eu optei por comprar 1 Toshiba. Obviamente que preferia ter um Apple, mas não achei que a diferença de valor compensasse.

    ResponderEliminar
  7. Olá Sílvia! nunca costumo fazer comentários, mas hoje cá vai disto:

    Não se compra um Mac por ser bonito e estiloso, embora esse seja um atributo indiscutível e incomparável desde há muito). Mas é uma pena q a marca por vezes se resuma a esse estereótipo e penso até que mais de metade das pessoas que compram neste momento é na tentativa de mostrar uma determinada imagem. Resultado: às vezes vejo amigos a trabalharem em Mac com o mesmo tipo de tiques típicos dos pc's, demonstrando que não conhecem nem metade das funcionalidades amigáveis e dos pormenores funcionais únicos da Mac.

    Adiante. Eu nunca tive outro computador que não fosse Mac. O primeiro foi um fixo, igual a outro qq, quando o logotipo era ainda a "maçã" às riscas coloridas. Depois um daqueles coloridos translúcidos também fixo. E o primeiro portátil foi um G3 (uau! naquela altura 3G era qq coisa de impensável) cujo preço nem me atrevia a comentar com ninguém...

    Nos empregos, sempre tive de me adaptar à estrutura organizativa neanderthal e ao interface debilóide dos pc's, até que sugeri usar o meu proprio computador, ligado à rede da empresa.

    O mac que uso neste momento (iBookG4) tem cerca de 10 anos. Está como novo, mesmo depois de algumas quedas e acidentes graves). Há excepção das teclas gastas :) só tive de lhe trocar a bateria original ao fim de 8 anos e só agora começa a demonstrar-se arcaico dado o "recente" upgrade de HD's e sites super evoluídos e programação que o meu software já só lê aos soluços.
    Ou seja, penso que os sistemas operativos Mac são mais estáveis e adaptaveis ao longo do tempo.

    Como não posso passar horas na net, este lá vai dando para os programas de trabalho e tenciono mantê-lo mais uns tempos.

    Obviamente, há que ter sempre uns discos externos de reserva para ir armazenando material. Nenhuma máquina tem capacidade infindável. Se bem que o sistema operativo Mac permite poupar sempre imenso espaço.

    Bem...isto já vai longo. Só para acabar, quero dizer que mesmo o meu portatil G3 (de cerca de 15 anos) ainda vive, em casa dos meus sogros, para meter musica e aceder à net. E eles, na casa dos 70 anos, usam um iPad (mesma filosofia de interface dos computadores) como se tivessem lidado com aquilo a vida toda.

    Conclusão: Por mais voltas que dêem, nada é mais User Friendly do que os programas e sistemas Mac!

    Olha, compra lá um Mac (a diferença neste momento já não é assim tanta) e assegura-te que descobres todas as dicas para lhe tirares o máximo proveito. Se já não te lembras da tua vida sem as tuas filhas, vais ver que com um Mac nem vais imaginar como era possivel trabalhar num PC.

    E já agora, posso perguntar qual é o teu trabalho? Estas tuas actividades do blog (que sigo regularmente e gosto muito!) permitem-te pagar contas?

    Perdoa-me a pergunta, mas às vezes os teus posts deixam-me curiosa e a pensar em soluções queme permitissem a mim mudar de vida...

    beijinho. Catarina

    ResponderEliminar
  8. Olá Sílvia!

    Só acha que é " a maior banhada de markting do século" quem nunca usou um Mac. Há quase 5 anos que mudei para Mac e nunca me arrependi. Tenho um IMac no qual trabalho diariamente pelo menos 8 horas, e ele nunca crashou, nunca mostrou uma msg de erro, nunca foi necessário formatar tudo outra vez... enfim, montes de problemas que tinha no PC frequentemente, deixei de ter de um momento para o outro e consegui finalmente dedicar-me ao trabalho, sem pensar na máquina. Agora vou comprar outro, pq em 5 anos já há computadores mais rápidos, e a trabalhar com 3 programas de peso ao mesmo tempo e a fazer uploads... preciso mesmo de mais rapidez. Mas comparando com os anteriores 5 anos que tive PC (e o computador foi um topo de gama na altura (custou mais do dobro do mac), pois era para editar vídeo!), tive tantas dores de cabeça... que nem dá para comparar..
    Como sabes eu sou fotógrafa e o Paulo edita vídeo todos os dias, e nenhum de nós teve nenhum stress com o computador, apartir do momento que passamos a usar Mac. O Paulo começou primeiro que eu, já trocou várias vezes de Mac, e é tão fácil, tão rápido e intuitivo... mudar tudo o que lá tens de um para outro.. Para nós que trabalhamos com programas que puxam muito pela máquina o Mac é um sossego! Agora, para quem só usa o word e pouco mais... não penso que valha a pena a diferença de preço.

    ResponderEliminar
  9. Mac, Mac, Mac.
    Nem vou argumentar muito, Sílvia, porque nos outros comentários já estão todos os argumentos.
    Só acrescentaria que aquilo que eu sinto ao comparar a forma de funcionar de pcs e de macs é isto: os pcs são feitos por engenheiros e os macs por engenheiros e designers. E isso faz toda a diferença. E não estou a referir-me a questões estéticas (que também são importantes quando se trata do instrumento de trabalho diário e fundamental) mas sim a questões funcionais.
    Boa escolha :)

    ResponderEliminar
  10. Mac. Sou mega-fã há oito anos e o primeiro ainda funciona, nunca teve vírus nem precisou de ser formatado.
    Quando decidi alugar um espaço para trabalhar fora de casa pôs-se a questão de comprar outro computador, já que não podia trazer o iMac que tinha em casa. Comprei um MacG5 com sete (sete!) anos em segunda mão por 250€. Já o tenho há um ano e não me deu um único problema, o único senão é a idade do hardware, que agora começa a não suportar algum software. Sou designer de comunicação (Ps, Ai, Id), trabalho cerca de 6 a 8 horas por dia e tudo corre bem.
    Se quiseres ponderar uma aquisição em segunda mão, espreita o portal http://www.imaculado.net/. Há muitos aficcionados que gostam de ter o último grito da maçã e que vendem o anterior a preços mais simpáticos. Tenho vários amigos que compraram assim e todos tiveram boas experiências. Boa sorte, seja qual for a tua escolha.

    ResponderEliminar
  11. Sílvia, há 14 anos que só uso macs. Gosto por todas as razões e tal como a Inês acho que no conjunto total são objetos bem pensados e muitíssimo user friendly. No entanto quando toca a dinheiro acho que só a própria pessoa poderá avaliar o custo benefício da coisa...por mais que te digam coisas boas sobre os macs podes nunca vir a valorizar o dinheiro que investiste da mesma maneira do que outra pessoa. Não tens ninguém perto de ti que te possa emprestar um por umas horas? seria o ideal. veres como te darias com o conceito. Porque estás tão habituada a PCS que podes não valorizar a diferença para além da estética...espero não te estar a confundir mais :-)

    ResponderEliminar
  12. Eu é mais tremoços e cerveja, mesmo. :)

    Um pouco mais a sério, agora: nunca usei mac, portanto não posso comparar. Mas penso que a discussão aqui não reside tanto nas vantagens/desvantagens de um face a outro mas mais na importância que tu dás ao produto. Como alguém disse aqui, "quando toca a dinheiro só a própria pessoa poderá avaliar o custo benefício da coisa". Para mim, e neste momento, o preço de um mac está acima daquilo que posso/quero pagar por um computador. Mas isso é porque (embora ache o mac incomparavelmente mais atraente) o computador para mim não é algo muito importante. É apenas uma ferramenta. Mas se fosse um produto a que eu atribuísse mais valor, não o acharia caro.

    Não sei se me faço entender. Por exemplo, se eu ganhasse um milhão, poderia gastá-lo quase todo numa casa, mas limitar-me-ia a comprar um carro de boa qualidade, mas não de luxo. Porque lhes atribuo valores completamente diferentes.

    Resumindo, porque é que queres um mac? Porque os outros têm ou porque é algo que queres mesmo, a ponto de não te importares de ter menos de outra coisa para o conseguires? Se é por causa dos outros, guarda o dinheiro, se é algo que queres mesmo, força nisso! É para isso que serve o dinheiro, para nos fazer felizes.

    Ou então ignora esta teoria toda que acabei de inventar e atira uma moeda ao ar! :D Mas eu cheira-me que ela vai cair para o lado "mac"... ;)

    Beijinhos e boa decisão!

    ResponderEliminar
  13. Sempre tive pc e sempre tive o mesmo dilema que tu. Há uns meses herdei um bom Mac (Pro) e agora é ele que uso.
    Tal como os outros, tem coisas boas e más (sendo que as más são coisas a que nos habituamos no pc e que depois nos irritam tremendamente não saber fazer no Mac).
    Essencialmente, acho que a maior vantagem competitiva do Mac é estética: é bonito e estiloso e bem desenhado. E é cool ter um. Não quer dizer que não tenha outras vantagens, mas é um exagero o endeusamento que é feito à sua volta.
    Ao contrário do iPhone que foi uma autêntica revolução na minha vida, a troca do pc para o mac (em termos de performance da máquina) foi... apenas uma troca.
    Mas a verdade é que se comprasse outro, compraria Mac. Mas isso é uma fraqueza porque eu não consigo resistir ao quanto ele é bonito! :)
    eheh. este texto está um bocadinho confuso. Acho que é porque os sentimentos em relação à questão também são um bocadinho antagónicos! :)

    ResponderEliminar
  14. eu estou como tu! adoro os macs, choro um bocadinho quando passo por eles no El Corte Inglés e vou lá dizer um olá e sussurro "um dia levo-te para casa". para mim são muito caros ainda para o que posso comprar. para o que faço seria o essencial, mas às vezes o essencial não pode ser adquirido logo, por muito que seja necessário. por isso espero por um dia em que posso chegar a uma loja, "botar as notas em cima do balcão e dizer "é aquele branquinho e grande, sff!" para muitos que fazem o que eu faço, isto é impensável, mas continuo a trabalhar num portátil da acer que soluça com os LR, PS e se abro o Illustrator acho que tb o ouço chorar um bocadinho!

    como alguém dizia, só nós sabemos o quanto damos importância e o quanto precisamos das coisas. precisei de investir numa máquina fotográfica profissional e fi-lo. o computador é o próximo passo. sonho com os meus dias mais fáceis e "compridos" só à conta dessa ferramenta!

    ResponderEliminar
  15. Olá Silvia! Eu acabei de dar a trinca na maçã esta semana e estou a adorar! É o novo bebé cá de casa :) Esteticamente é lindo e estamos tb a falar de um outro tipo de qualidade e conforto (em relacao ao pc que usava!) Para quem trabalha na tua área não há dúvidas que é o melhor e compensa o valor... Se optares por outro tenho a certeza que a maçã te vai perseguir... :p

    ResponderEliminar
  16. Sílvia, experimenta comparar a aparência de um blog num Mac e depois num Pc, e não preciso de dizer mais nada :)

    ResponderEliminar
  17. boa noite,

    Há uns anos tive dúvidas semelhantes às suas, no que a este tema diz respeito :) Optei pelo Mac, por este a partir do qual lhe escrevo... Há quatro anos a trabalhar nele e ZERO problemas.
    Na primeira semana tive algumas dificuldades de adaptação e tive um certo receio de poder ter feito uma escolha menos acertada, apesar de bastante reflectida... Também tive problemas com algum material em contexto laboral, visto que as empresas com as quais colaborava em Portugal não usavam Mac, coisa que os adaptadores resolveram... Apesar desde dois problemas iniciais, não posso apontar qualquer outro inconveniente... Fico contente todos os dias por ter feito esta escolha...Por último e não menos importante, o aspecto estetico do Mac é algo único que se vai entranhando à medida que trabalhamos com ele.

    Bem, não me alongo mais... Que corra tudo pelo melhor! :)

    ResponderEliminar
  18. uma vez mac, para sempre mac! há 14 anos que não quero outra coisa :))) é mais caro, pois é mas dura muito mais tempo a trabalhar em condições e dá muito menos chatices. tenho um imac com 5 anos e está impecável (o anterior, g4 torre, esteve comigo 8 anos sempre a trabalhar em photoshop e flash, etc e agora está com o meu pai - tem 14 anos!!).
    eu não aconselho outra coisa. :)

    ResponderEliminar
  19. sinceramente...MAC! não há dúvidas. já não vou falar do design, nem nada disso, porque é óbvio que são lindos. mas em termos de funcionalidade, não há melhor. os mac´s são computadores intuitivos, práticos, fiáveis e funcionais. tive o eu primeiro MAC em 95 e a partir dai nunca mais quis outra coisa. hoje, trabalho num G5 e nunca me dá problemas, não ganha vírus, não encrava (há uns anos largos encravam muito) e não tem manutenção. e há uma coisa nos macs que é imbatível: o iphoto! não arranjas programa melhor para fazer a gestão de fotos. boa sorte para a escolha!

    ResponderEliminar
  20. olá...
    so tenho a dizer que depois de usares o mac não queres outra coisa....tinha as mesmas dúvidas e acabei por arriscar e o passei a ver o mundo virtual a cores.. mas eu era mesmo "naba" com o pc, tudo era difícil e complicado e que dor de cabeça....
    com o mac ainda tenho dúvidas, mas existem tantos tutorias e fóruns que nada é impossível...
    facilitou-me a vida de muitas maneiras que até me surpreendo. desde as instalações de programas á organização de material....acho que a única dificuldade foi a adaptação inicial...pois estamos formatados para algo bem mais difícil e com o mac tudo é intuitivo...
    agora é um must have..sem dúvida...dinheiro bem investido;)

    ResponderEliminar
  21. Nunca usei um mac... Adorava ter um! Porque sim e porque é o mais lindo e porque me ia ficar muito bem! Maçãs cá em casa há do tipo iPod (velhinho e tão fiel), iPhone (do marido e altamente invejado por mim!) e a benção de Deus para acalmar crianças o meu imenino, o meu ipadinho, o "Pedi" na versão da minha filha de 2 anos , o meu IPad! Um dia terei um Mac, haja dinheirinho e renúncio a qualquer outra coisa, irei de Eva na rua mas não me ralo nada! Também troco muita coisa por um bom gadget!

    ResponderEliminar