quero

28.4.14

28.4.14
Não há outra forma de colocar isto, senão com esta expressão de total consumismo.
Eu quero estas sandálias, aliás eu já quero há anos, mas agora em amarelo não vou aguentar.
E sim, isto continua despropositado face à forma como a minha conta bancária se comporta, ou melhor não se comporta.
Mas vou encontrar maneira, ai vou, vou...este ano vou enfrentar o calor do sul de pés amarelos ou não me chamo Sílvia Cristina! (sim, é o nome mais feio do mundo, mas foi culpa da minha irmã!)
Pronto, desabafo feito volto ao trabalho, agora com outro tipo de motivação, aquele do género consumista nato.

5 comentários

  1. Como te compreendo. O amarelo mata-me. Há dois invernos atrás, cheguei a SONHAR (verdadeiramente) com uma camisola amarela de angorá que nunca encontrei! As sandálias são lindas de morrer. :)

    ResponderEliminar
  2. São mesmo giras! Mas a sola é de madeira? Serão confortáveis ou tipo tijolos nos pés? Tenho umas cubanas azuis muito engraçadas mas tão rijas que não consigo ter uma boa relação com elas... é que eu ando de saltos na boa mas sapatos cuja sola não se dobra não são para mim. Posto isto resta-me dizer:
    Força Sílvia Cristina, as sandálias serão tuas antes de haver sol até às 21h!

    ResponderEliminar
  3. São mesmo dignas de um sonho de consumo! Gostei muito das vermelhas e das verdes, mas acho que comprava as "naturais" porque, a esse preço, são um investimento em longo prazo. Mas, claro, se é para cometer a loucura, por que não as amarelas? Boa sorte!

    ResponderEliminar