para os pais treinadores

15.4.12

15.4.12
Todos queremos o melhor para os nossos filhos. Disso não quero duvidar.
No entanto este post é dirigido aos pais treinadores.
Aqueles que se preocupam com a capacidade das suas crianças pintarem dentro dos traços.
Com os números e as letras que eles sabem de cor.
Com as capacidades de ginástica, música, ballet, ou qualquer outra coisa que julguem que eles conseguem fazer prematuramente.
Com a educação esmerada de comer com a boca fechada e dizer sempre e sem falhas 'muito obrigada', 'desculpe', 'faz favor' nos momentos e às pessoas certas.
Para aqueles que se preocupam desde o nascimento com o curso e a carreira promissora dos seus filhos:

Let them be
.

As crianças têm uma personalidade própria, não são resultado de nenhum treino.
E há algo de precioso nos miúdos, que é esta imaginação gigantesca que ultrapassa os nossos maiores e profundos sonhos. Eles conseguem chegar a sítios que a maioria dos pais já nem sabem imaginar.
E isso...isso é tudo!

Confesso que me emocionei com o miúdo, não com a questão da história do flash mob e tudo mais, que emociona só de olhar para aquele sorriso, mas pela capacidade deste miúdo ter uma ideia e manter-se fiel a ela apesar de ninguém a admirar.
Se calhar sinto-me identificada, pois está claro:D

A minha filha passa a vida a perguntar-me como pode ir até ao mundo mágico, se é longe, se temos de ir de carro, se é no nosso planeta, etc, etc. Confesso que fico quase sempre sem palavras e muitas vezes tento explicar-lhe que o mundo mágico está na nossa imaginação. Ela fica muito desiludida porque não compreende. Acho que da próxima lhe vou dizer para o construir!

Entretanto conheçam o Caine e o seu fantástico sorriso:

3 comentários

  1. Adorei conhecer o Caine, quem me dera tê-lo a trabalhar comigo!!! ;-D

    ResponderEliminar
  2. fantástico! é espantoso quando se dá liberdade criativa às crianças!

    ResponderEliminar