favoritos do etsy e hábitos de consumo

4.2.14

4.2.14


(1 · 2 · 3 · 4 · 5)

Eu não sou adepta de rubricas no meu blog. Mas de vez em quando gosto de vir aqui partilhar algumas das minha descobertas no etsy (sabem que adoro procrastinar no etsy, não é?). São tantas e tão bonitas, que me parece que muitos vocês vão gostar de ver.
Para além disso, aprecio cada vez mais estas pequenas lojas, uma coisa aqui outra acolá, achados que podem vir de todo o mundo. Uma plataforma que nos permite procurar de tudo e por todo o lado.

Cada vez mais compro online, cada vez menos consigo encontrar o que quer que seja que eu goste nas lojas. Claro que eu não vivo num local urbano e por isso também não tenho acesso a lojas de rua com ofertas diferenciadas como as pessoas de Lisboa e do Porto têm. E sair apenas para fazer compras, também não costuma estar nos meus planos muito frequentemente.

Este post poderia até ser daqueles: 'sabes que perdeste o gosto pelas compras quando':
- não te aproximas de entradas de lojas com música foleira (berskas e stradivarius e cenas que tal);
- à segunda loja que entras no shopping começa-te tudo a parecer igual;
- compras sem experimentar porque não tens paciência para ir aos provadores;
- ficas toda partida quando vais ao shopping, duas lojas seguidas para ti seriam mais do que suficiente;
- começas a ter saudades das pequenas lojas.

E não, este não é um post saudosista ao que ao consumo diz respeito, muito pelo contrário é um post futurista, porque os hábitos de consumo das pessoas estão a mudar, nos shoppings já se vêem algumas lojas fechadas, as pessoas compram menos e por isso pensam mais antes de comprar. De tal forma que quando escolhem algo, tem de valer a pena porque não ponderam comprar mais tão cedo.
Comigo é cada vez mais assim.

E vocês, sentem esta mudança nos hábitos de consumo?

11 comentários

  1. Not really. Por aqui ainda se vêem os shops sempre cheios, não que viva na cidade, mas as lojinhas são cada vez menos e as pessoas têm tendência a ir ao shopping center. Também ainda não tenho o hábito de comprar on-line. Tenho é saudades das lojas de caridade onde se encontram verdadeiros achados, diferentes quer em estilo, quer em preço. Mas adorei a selecção dos artigos que escolhes-te. :)

    ResponderEliminar
  2. Totalmente de acordo. Eu fico com terríveis dores de cabeça. Ainda não comecei a comprar online, quando preciso de alguma coisa vou ao sotão, meu, da minha mãe e da minha avó :)

    ResponderEliminar
  3. Cada vez mais tenho adorado o Etsy e acho que cada vez mais tenho detestado lojas. Não tenho paciência para comprar, usa tudo o mesmo, enfim, por isso nem compro!

    ResponderEliminar
  4. Ora bem a minha relação com compras é semelhante à tua embora tenha um pouco mais de resistência (consigo ir a 3 lojas :D)). Mas adoro ir ao comércio tradicional no qual costumo comprar algumas coisas mas em termos de roupas acabo por ir a lojas de shopping pois tem preços melhores e com 4 miúdos o orçamento tem de ser bem gerido. Para mim costumo aproveitar os saldos e lá consigo arranjar algumas peças. Compras de roupa online tenho tido más experiências e desisti de comprar...ou o modelo ficava mal ou o p´roprio tecido muitas vezes era uma desilusão..

    ResponderEliminar
  5. Eu sinto que algumas pessoas estão a ficar mais selectivas nas suas compras em geral. Quem está a voltar aos mercados de rua para comprar produtos alimentares também quer comprar roupa e outros artigos com mais qualidade e que não tragam um grande rasto de poluição ou exploração laborar. E as marcas que estão nos shoppings ainda não reflectem essas preocupações. Entretanto vão aparecendo marcas que estão a pensar nessa procura e que estão online ou em meia dúzia de lojas mais alternativas.

    ResponderEliminar
  6. Estou como tu... Longe dos shopings das grandes cidades.
    Na altura do liceu, estudava em Aveiro e passava todos os dias pelo shoping Oita (na altura nem o fórum havia), ao lado da Zara e todos os dias entrava mas... Na altura não havia dinheiro para consumismos. Lembro-me de ficar maravilhada com tanta diversidade num espaço tão pequeno. Na "aldeia" de Pardilhó apenas havia duas lojas de roupa, onde a variedade era muito reduzida. Valia-me a minha mãe com alguns conhecimentos de costura e uma mestre no tricot para me ir fazendo as roupas à minha medida (era raro encontrar roupa que me servisse na perfeição pois era pequenina e muito magrinha).
    Depois comecei eu aventurar-me a tricotar e "crochetar" para mim. Adoro roupa mas não tenho paciência nenhuma para andar ás compras, muito menos em shopings. Como tu dizes... Cansa!
    A minha perdição é mesmo lojas em segunda mão e acho que nunca comprei tanta roupa como na altura em que estudei no Porto.

    Não me lembro da última vez que comprei roupa. Com o curso de costura que ando a tirar, entra-me uma vez por mês uma peça de roupa nova e o melhor!... Feita à minha medida, com os padrões que gosto é com a certeza de que é peça única ;)

    Desculpa... O testamento.

    ResponderEliminar
  7. Eu sou fã do etsy há muito tempo, até tive lá uma loja, que de momento está em suspenso. Não me canso de visitar o site, e estou constantemente a aumentar a minha lista de favoritos. E compro muitas coisas por lá, verdadeiros achados, outros nem tanto, mas sempre coisas que compro porque gosto, porque são únicas e pela qualidade de determinados produtos, de determinados vendedores.
    E já estou na mesma fase que tu - abomino bershkas, o que tendo filhas adolescentes se torna inevitável lá entrar, e ao fim de duas lojas no shopping, com longas filas nos provadores (antes dos fenómeno das mega-stores de origem espanhola, dizíamos vestiários!) que são sempre extremamente quentes, estou sempre pronta a comprar às miúdas todas as peças que têm na mão para experimentar, (ou então nenhuma) e fugir dali p'ra fora a sete pés!

    ResponderEliminar
  8. Quanto à lista o quilt é lindo mas posso fazer-te um :)..é a minha outra paixão :)

    ResponderEliminar
  9. Sílvia, nem de propósito, hoje vi este artigo que aqui deixo para o caso de te interessar
    http://www.huffingtonpost.co.uk/lorenzo-belenguer/ethical-fashion_b_4709758.html


    ResponderEliminar
  10. Amei, amei a louça de esmalte e os artigos da última loja! Que amor, que perdição :) também adoro andar a passear pela etsy, vai-se sempre achando coisas tão preciosas, tão únicas. Uma pessoa perde-se lá...
    Partilho do teu sentimento em relação aos shoppings de hoje em dia, normalmente quando vou às compras tenho uma ideia clara do que quero. E não são poucas as vezes em que entro nas lojas e sinto que não gosto de nada, nada. Não há nada que me cative realmente, e isso deixa-me frustrada. Mas enfim. :)

    Um beijinho, C.

    ResponderEliminar