Cortebel

3.7.14

3.7.14

No trabalho eu já dei umas quantas voltas na cabeça e na vida à procura daquilo que gosto de fazer, que sei fazer e que me podem pagar para fazer.
Nada é conclusivo e nada é final, mas há algumas coisas de que eu gosto mesmo:
- fábricas: a principal razão pela qual estudei engenharia, foi porque eu queria trabalhar em sítios onde se 'faziam' efectivamente coisas, onde as ideias e os desenhos ganhavam vida. A produção industrial é algo que, apesar de muito escuro e feio para a maioria das pessoas, a mim encanta-me;
- coisas de enfeitar o corpo: não é moda, não é design, é a arte de comunicar através da cor e das formas que escolhemos para vestir o nosso corpo;
- vintage: para quem me lê isto já um facto adquirido. Gosto de coisas com história, com vida passada, com desenhos retro, com estilo intemporal;
- comunicar: o blog trouxe-me uma das armas mais poderosas para mim nos últimos tempos, a capacidade de juntar palavras e imagens e comunicar. O que for, sentimentos, ideias, moda, não interessa, comunicar o que quero numa plataforma virtual, para mim neste momento é tão simples e imediato como falar.

Foi há alguns meses atrás que entrei, pelas mãos da minha melhor amiga de sempre, na Cortebel e fiquei maravilhada com as botas, as sapatilhas, os tecidos, as solas e o armazém carregado de calçado antigo que nunca chegou a ser usado (há quem lhe chame deadstock, mas eu chamo-lhe potential sotck:D). Já tinha visitado muitas fábricas e visto muitos produtos diferentes, mas nunca senti identificação pessoal com o que estava nas prateleiras como sinto com este calçado. Gosto mesmo muito de todos os modelos, do conforto, da história e das cores que ponteiam os cantos e prateleiras daquela fábrica.

E é também por isso que hoje estou aqui, com muita alegria a contar-vos sobre a minha colaboração com esta empresa de 50 anos de existência.
Para já vamos iniciar com a gestão das redes sociais, mas há muito mais para vir e se os bons ventos soprarem ainda voltarei aqui muitas e muitas vezes a falar-vos e mostrar-vos as novidades que vamos tendo e os eventos que vamos promover.

Para já fiquem com as fotos destes 3 modelos vintage de criança que estão acabados de chegar às prateleiras das lojas 'A Vida Portuguesa' em Lisboa e no Porto e que eu acho lindos e sigam-nos no Facebook, onde podem ver muitos e muitos modelos de botas e sapatilhas novas e vintage que eu tenho a certeza que vão fazer as maravilhas de muita gente que me lê por aqui.

Fiquem atentos porque vou mostrar-vos em breve outros modelos para adulto e vai haver ofertas para os meus leitores!

Se gostarem carreguem no botão seguir e venham comigo, porque esta vai ser uma viagem que vai valer a pena!
Facebook Cortebel




(todas as fotografias deste post são da autoria de Inês Nogueira que fez a cortesia de as tirar na loja da Vida Portuguesa).

9 comentários

  1. Fantástico! Fico feliz por ti :) e digo-te, porque não sabes, que partilhamos esse encanto por fábricas! Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, mas imagino que sim:) As fábricas têm som, cheiro, cor e pessoas e todos junto transforma ideias em coisas. É genial!

      Eliminar
  2. Uau! Que pinta Sílvia, parabéns.

    ResponderEliminar
  3. estou coladíssima neste post!! :D que lindas!

    ResponderEliminar
  4. Foi na Cortebel que a minha mãe, recém chegada de Mocambique, onde nasceu e viveu até à adolescência, deu os primeiros passos no mundo do trabalho.
    Fico muito contente por saber que a empresa continua, não só a inovar e a dar cartas no mercado do calçado como, acima de tudo, continua a apostar na gente da terra.
    As sapatilhas são giríssimas e, no meu caso, que tantas histórias ouvi da Cortebel enquanto miúda, será um gosto ver a minha filha de 2 anos correr pela avenida da praia de Cortegaça com um par delas calçadas!
    Vou ficar atenta!
    Se não tiver sorte, lá terei de passar na Vida Portuguesa e trazer umas para oferecer à minha Nonô :)

    Beijinhos Silvia, gosto muito de passar por aqui :)

    Marisa Pimenta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marisa:)
      Mas se és de Cortegaça podes lá dar um salto à fábrica e pedes para falar com o Artur Piano, ele terá todo o gosto em te vender um par, tenho a certeza! bjs!

      Eliminar
  5. sao lindos! tive um dos modelos bota em preto quando tinha 18 anos e adorava aqueles sapatos :) e agora nao so voltam a aparecer como vêm com diferentes padroes :) ja me amiguei no facebook! daqui a pouco dou um salto à vida portuguesa

    ResponderEliminar