A mania das comparações

11.8.15

11.8.15

Nunca me interessei muito pelas estatísticas dos blogs e das redes sociais e não me influenciam páginas com muitos ou poucos seguidores quanto analiso a sua qualidade e interesse. Isso aplica-se ao FB, ao IG e aos blogs. Analiso outras coisas como a qualidade da escrita, a genuinidade e originalidade dos assuntos, as opiniões pessoais, os estilos de moda originais.

No Muda de Página percebo que cada vez mais há a preocupação de como ter muitas visitas, aumentar os likes por fotos, seguidores do IG, 'ter mais fãs do que...' . (o conceito de fã faz-me alguma confusão).
Mas compreendo perfeitamente, é este hoje o 'mercado' dos bloggers. Não acho no entanto que deva ser o primeiro objectivo de nada nem de ninguém e tento orientar as pessoas a encontrar a 'sua voz', um estilo próprio e uma presença genuína porque como ouvi ontem num programa sobre o youtube a 'a realidade supera sempre a ficção' por isso algo que é orgânico será sempre melhor do que algo fabricado.

Hoje o Seth Godin escreveu sobre isso. E eu não podia concordar mais, ora vejam:

Without a doubt, there's someone taller than you, faster than you, cuter than you.
We don't have to look very far to find someone who is better paid, more respected and getting more than his fair share of credit.
And social media: Of course there are people with more followers, more likes and more of just about anything you'd like to measure.
So what?
What is the comparison for?
Is your job to be the most at a thing? Perhaps if you play baseball, the goal is to have the highest on-base percentage. But it's probably more likely that you should focus on the entire team winning the game.
Just because a thing can be noticed, or compared, or fretted over doesn't mean it's important, or even relevant.
Better, I think, to decide what's important, what needs to change, what's worth accomplishing. And then ignore all comparisons that don't relate. The most important comparison, in fact, is comparing your work to what you're capable of.
Sure, compare. But compare the things that matter to the journey you're on. The rest is noise.


[a fotografia que ilustra este post é da autoria de Jóni Silva, a sortuda a mergulhar nas nuvens, sou mesmo eu]

3 comentários

  1. Abri conta no instagram por tua causa. :) Já eram tantos posts a falar de fotos no instagram que teve que ser. E estou a gostar. :)

    ResponderEliminar