bang bang

6.10.15

6.10.15
Sofro de problemas capilares, ou melhor um permanente descontentamento com este cabelo lisinho e fininho que me calhou na distribuição genética. Não gosto.
Gostava de ter muito cabelo, volumoso, cheio de jeitos e manias que acordasse levantado. Eu sei, eu sei, que quem o tem diz que é uma praga, eu não acho.

Ao longo dos últimos tempos a coisa tem piorado.
Já o cortei para não se notar tanto a sua queda, aderi aquela coisa do bob que nunca cheguei a compreender. Tentei deixar crescer a franja e sinto que voltei aos anos 90, com cabelo liso pelo meio das costas e uma fotografia dos nirvana na capa da escola.
Nestes dias olho para mim e percebo que está tudo errado com o meu cabelo. Acredito que há pessoas que ficam muito bem e vejo nas capas das revistas, mas aqui no árduo espelho da realidade isto não fica nada bem.
Cada um é como é, o meu cabelo é liso e fino e por isso preciso sempre de ter um corte, com uma forma, não uma juba ao vento.
E pronto, isto tudo é apenas para dizer que sinto saudades da minha franja e que, na moda ou fora dela, eu e ela fomos feitas uma para a outra.
Amanhã temos encontro marcado!

Segue o álbum do(a) Sílvia hair no Pinterest.

E sim, esta versão Uma Thurman é de longe a minha 'wild bang' preferida!
 

3 comentários

  1. Lava o cabelo com sabão azul e branco, acredita que faz milagres ;-)

    ResponderEliminar
  2. O meu cabelo é uma juba falsa, fino, ou cabelo de rato como diz o meu esposo!
    Invejo as franjas e adorava usar, não fosse ela encaracolar, ao estilo Marquês de Pombal!

    ResponderEliminar
  3. Vai ao Hairtz em Aveiro... Vais ficar supreendida com o que a Ana ou Alex fazem :)

    ResponderEliminar