em modo manual

13.1.14

13.1.14

No sábado fui para o Porto passar o dia com a Isabel Saldanha e com uma turma de perfeitos desconhecidos.
Recebeu-me o Gallery Hostel, um Porto cheio de sol e uma Isabel cheia de 'boa onda'.
Eu não sou do tipo de pessoa que frequenta muitos workshops, primeiro porque não tenho muitas vezes a disponibilidade nos horários em que eles acontecem e depois porque eu conheço-me bem e sei, que para aprender, não basta que me ensinem. Eu preciso sempre, invariavelmente, de me auto ensinar. É um processo que vem de dentro, uma decisão que eu tomo inconscientemente quando quero realmente perceber uma coisa.
Apesar de todas as centenas de fotos que vocês já viram minhas neste blog e noutros sítios, o meu lema sempre foi 'não penses, dispara' e mexia nos comandos da minha máquina a ver no que dava mas sem sequer olhar para eles. Quando queria alguma foto específica, o método centrava-se em tirar muitas e muitas fotos e apagar 90% delas. Ficava no entanto frustrada com as fotos de pessoas, principalmente das minhas filhas que nunca ficavam como eu desejava.
Conheci a Isabel há pouco tempo e tenho a sorte de estar a trabalhar com ela e de ter tido a oportunidade de me cruzar com alguém tão cheio de energia e boas vibrações.
E este sábado foi sobre isso, pessoas. Porque são as pessoas que fazem os momentos e é a forma como nos relacionamos que faz a diferença. Foi acima de tudo divertido, descontraído e produtivo.
Sem muitas tretas técnicas aprendemos a mexer nas nossas máquinas na parte da manhã e de tarde, depois de um belo almoço cheio de risos e gritos do ipiranga, estávamos de máquina em punho a fazer experiências na rua. Só tive pena de não haver mais luz para continuarmos os cliques pela cidade.
E o que vos posso dizer é que desde sábado que a minha máquina está em modo manual e de lá não vai sair. Já queimei umas quantas fotos e outras ficaram pretas, mas entre umas quantas há sempre uma ou outra que sai bem e aí...caraças...o ficar bem é 1000 vezes melhor do que qualquer foto que a minha máquina tira em modo automático.
Por isso, em modo manual vou continuar e vou fazer tantas chapas até que o modo deixe de ser manual e passe a ser apenas mental.

WS Isabel SaldanhaWS Isabel SaldanhaWS Isabel SaldanhaWS Isabel Saldanha

4 comentários

  1. quando tiver a minha máquina nova vou começar a frequentar workshops, estou tão ansiosa :)

    ResponderEliminar
  2. estas também são tuas? há aqui um lado de fotojornalista que eu não conhecia ;) parabéns!

    ResponderEliminar
  3. O panning está espectacular e a foto com a Ana está girissima!
    Parabéns pelo blog está fantástico!
    Beijinhos

    ResponderEliminar