queres casar comigo?

22.12.14

22.12.14
queres casar comigo 1queres casar comigo 2queres casar comigo 3queres casar comigo 4 Sou 'casada' há quase 12 anos.
Sem papéis, benções religiosas ou autorizações paternais.
Um processo natural que se foi desenrolando com a vida e que nunca careceu de grandes decisões para termos a certeza todos os dias que queremos estar um ao lado do outro.
Nunca quis casar, desde miúda que registei algures no meu cérebro que os casamentos eram uma coisa muito chata, cara e sem grande sentido para a vida que eu ia viver.
Acima tudo uma das razões que me levou a ter estas ideias é que nunca fui a um casamento que eu ache espectacular, alguns mais divertidos que outros, alguns mais bonitos, comidas melhores ou piores, mas aquela sensação de uma festa longa demais, cansativa e de sapatos apertados, fica-nos sempre na memória.
Claro que com os amigos a casar a sensação é diferente, porque são da nossa geração, mas ainda assim, nenhum me deixou cheia de vontade de casar.

Agora com a internet o cenário é diferente. Têm explodido por aí vídeos e cenários de casamento absolutamente idílicos que me deixam de queixo caído. Vestidos de cortar a respiração. Festas que de tão lindas apetece lá estar. Mas estamos na internet. Estamos nas fotografias editadas, nos vídeos trabalhados e nada do que parece é totalmente assim. No outro dia uma amiga comentava a propósito de um vídeo de casamento: 'mas nessa festa é toda a gente bonita e nova? onde estão o resto das pessoas? as normais?'

A verdade, é que a internet e as novas empresas de organização de casamentos, os fotógrafos incríveis que agora há no mercado, as mil e uma possibilidades para os vestidos de noiva, os novos formatos de festas, têm provado que é possível casar de forma diferente em Portugal. É preciso imaginação, muito trabalho, as pessoas e o sítio certo, mas que parece ser possível, lá isso parece.

Há muito que acompanho a Susana Esteves Pinto na internet, o seu incrível trabalho com o Simplesmente Branco e a sua postura e criação de conteúdos online, de se lhe tirar o chapéu. Uma verdadeira profissional no verdadeiro sentido da palavra. Apesar de não a conhecer pessoalmente identifico-me com os conteúdos e as posturas, as opiniões e a forma de estar na web.


A Susana escreveu um livro, o 'Queres Casar Comigo?' com tudo o que é preciso saber para se organizar um casamento.
E se ela fala de casamentos eu ouço. Não o faria com muitas pessoas, mas com ela sim. E se ela escreve um livro sobre a organização de casamentos eu quero ler.
Mesmo não havendo planos para festas ou eventos, ter este livro nas mãos é um prazer.
O resultado de muito trabalho e anos de experiência, juntam-se com as fotografias certas e as palavras objectivas e levam o leitor por todo o processo de organização de uma festa de casamento.
Todas as perguntas e respostas estão lá, a forma como tudo se deve organizar, a liberdade que cada um tem de fazer as coisas à sua maneira, o trabalho que dá, as soluções que existem. Confesso que a maioria das coisas que lá são abordadas eu nem sabia que se tinham de considerar. Não faço a menor ideia por onde começar a organizar algo da dimensão de um casamento e acredito que a maioria das pessoas deve ser como eu. Por isso um livro destes pode mesmo ser uma tábua de salvação num mar de ideias e opiniões e orçamentos.

E sim, o livro consegue inspirar. Consegue deixar-nos com a ideia de que uma festa à nossa medida é possível. Não sem muito trabalho, que todas dão, mas possível.
Que não é preciso os sapatos apertados e os vestidos armados, que os convidados podem ser quem nós mais gostamos, que a festa pode ser divertida, que não precisamos de tendas e quintas xpto, há alternativas. Mas têm de ser pensadas. Este livro está aí para ajudar as pessoas a pensarem e a organizarem um evento que pode vir  a ser maior festa da sua vida!

E já agora que se fala de casórios, para mim era um destes se faz favor, que nem de propósito foi feito lá para os lados da nossa 'Maura':D

3 comentários

  1. como me revejo nas tuas palavras! Desde ha muitos anos que sei que nao quero um casamento formal, nem sonho com um vestido do tamanho no mundo a entrar na igreja. Mas depois tens celebracoes lindissimas e fora do habitual que nos fazem sonhar. Esse livro esta lindissimo e conta com muitas fotografias da minha querida Twiggs :) Por mim pode ser um casamento informal na praia e com chinelos e pes na areia molhada :)

    ResponderEliminar
  2. Querida Sílvia, fico de coração quente :) obrigado por me veres/leres de forma tão certeira (acredito q sim).

    Obrigado!
    Boas festas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada eu Susana pelo lindo livro e pela permanente inspiração:) Boas festas!

      Eliminar