pelo bolhão

8.2.08

8.2.08

PICT4187, originally uploaded by rapariga como eu.

(texto transcrito de http://manifestobolhao.blogspot.com/)

Sábado, 9 Fevereiro, às 10H, no Mercado do Bolhão, os cidadãos, movimentos, associações, personalidades, comerciantes do Porto, vão reunir-se amanhã por forma a expressar publicamente a total discordância com o acto de pura especulação imobiliária que vai acontecer no Mercado do Bolhão, demolindo todo o interior do Mercado do Bolhão para transformação num shopping.
Irá decorrer no Sábado a recolha de assinaturas para PETIÇÃO ONLINE, lançada na semana passada, para ser entregue na Assembleia da República. A petição conta até ao momento, com cerca de 7.000 assinaturas.

Texto da Petição:

Os cidadãos do Porto não podem deixar de manifestar, publicamente a sua total discordância e solicitar às Entidades e Organismos competentes que impeçam esse “acto de puro mercantilismo”, que pode ser «a demolição do Mercado do Bolhão», já autorizada pela Câmara Municipal do Porto, num desrespeito absoluto pelo Património Arquitectónico e Cultural, praticando a vergonhosa acção de estar a desactivar um dos mais emblemáticos símbolos o Comércio Tradicional da cidade, construído durante a Primeira Guerra Mundial, para dar lugar a mais um centro comercial.

O Mercado do Bolhão deve ser reabilitado e não demolido, de acordo com os seguintes princípios: - Implemente as necessárias infra-estruturas técnicas, mecânicas e funcionais;
- Utilize os conceitos Arquitectónicos internacionalmente reconhecidos para a reabilitação do Património;
- Integre os Mercadores e Comerciantes existentes no Mercado e sejam tratados, de facto e de direito, como parceiros;
- Possibilite a divulgação dos conceitos de Reabilitação, aos Cidadãos, tornando o Projecto e a obra participada, exercitando as regras democráticas e o reforço do Estado de Direito.
O Mercado do Bolhão é património da Cidade e só o Povo do Porto pode decidir o seu futuro.
A Câmara foi eleita para gerir o património da Cidade e não para o entregar por 50 anos ao grande capital privado comprometendo a gestão de futuros autarcas, provocando ainda mais o fosso social que a nossa Cidade atravessa.
Pelo exposto, os cidadãos abaixo identificados solicitam que sejam accionados os meios disponíveis para manter vivo e reforçar, o tecido Humano e Empresarial do Mercado do Bolhão, na sua estrutura compositiva e de jurisdição Municipal, legando aos vindouros um dos maiores símbolos Arquitectónicos, de Monumentalidade e implantação na Cidade, alegórico da Terciarização no Sec. XIX e XX, sem comprometer o Bem Público nos próximos 50 anos, meio século.
Ao mesmo tempo exigem que a decisão tomada pela Câmara Municipal do Porto seja alvo de discussão pública e que a demolição do Mercado do Bolhão, que a muito breve trecho se perfila, seja atempadamente impedida.

Assina em http://www.petitiononline.com/ptratt/petition.html

1 comentário

  1. Mal cheguei ao Porto e ao passar no bolhão deparei-me com este facto...
    Assinei sem hesitação. Espero que isto não vá para a frente.
    Em menos de 3 quarteirões de ruas de comercio podemos encontrar 3 centro comerciais.
    Fecham-se centros de saúde onde não há um em menos de 100 km e abrem-se centros comerciais no meio de centros comerciais.
    Fico revoltada com tanto consumismo..

    ResponderEliminar