profissão: poeta

3.6.14

3.6.14

RETRATOS | MATILDE CAMPILHO from clara cavour on Vimeo.

Não sei se há muita gente desse lado que goste de poesia, mas eu sofro do mesmo problema que ela: o da falta de concentração. Para a minha atenção estar focada eu tenho de sentir o ritmo, a cadência, o som das palavras a bailarem umas com as outras e a fazerem a minha pele sentir, o meu coração acelerar.
Caso contrário qualquer 'mosca' me leva daqui para outra dimensão.

Esta poeta tem o ritmo nas mãos, no olhar, na expressão, na voz e nas palavras. Toda ela é poesia. Da boa, da emocionante. Numa mistura de um sotaque que primeiro nos parece estranho e que em poucos minutos se sente como nosso.
De todos.

13 comentários

  1. Não conhecia. Mas confesso que estou a trabalhar à mais de 1hora só a ouvir a Matilde. Obrigada pela partilha Sílvia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. viva! é mesmo para isso que servem estes posts, partilhar!

      Eliminar
  2. Adorei sílvia... :) o meu dia já começou mais rico!

    ResponderEliminar
  3. Lindo.
    Afinal, melhor que ler poesia é ouvir a poesia lida pela pessoa que a escreveu. Assim ficamos a saber exatamente o ritmo e entoação que a poetisa estava a sentir quando escreveu aquelas palavras...
    Obrigada

    ResponderEliminar
  4. Obrigada por me alimentares a alma!

    ResponderEliminar
  5. Obrigado por partilhares Sílvia <3 Estou como a Bond Design, não consigo parar de ouvir a Matilde :)

    ResponderEliminar
  6. Tivesse eu som no computador do trabalho e já tinha banda sonora para esta tarde...

    ResponderEliminar
  7. Pessoas lindas leitoras deste blog, estou maravilhada com o vosso feedback, gosto mesmo de aqui vir partilhar estas coisas boas e ouvir-vos desse lado! Obrigada!

    ResponderEliminar
  8. que idade tem ela? adorei-a. é linda e não se consegue parar de ouvir. adorei, sívia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. olá Miriam, acho que está nos 30's:D

      Eliminar
  9. Gostei muito. Obrigada. :)

    ResponderEliminar